A origem do Fórum de Linguística Aplicada e Ensino de Línguas encontra-se em uma proposta de trabalho entregue à Universidade Federal do Ceará, em 2005, no momento de nosso ingresso na instituição. Tornou-se possível em um projeto de extensão, registrado no Departamento de Letras Vernáculas em novembro de 2006, cujo objetivo era reunir professores, pesquisadores e estudantes de Letras e de áreas afins para discutir o tema Ensino e aprendizagem e a formação do professor da língua materna. No I FLAEL, focalizamos nossas discussões em torno do Estágio de Ensino de língua portuguesa.

 

Dois anos depois, de 24 a 27 de novembro, realizamos o II Fórum de Linguística Aplicada e Ensino de Línguas (FLAEL). Ampliamos a proposta e passamos a também tratar de questões relacionadas ao ensino de línguas estrangeiras. Nesse momento, constituiu-se um evento com participação de pesquisadores internacionais. Discutimos sobre o tema O agir do professor de línguas, focalizando a prática de leitura e escrita em sala de aula. Paralelo ao I FLAEL, que teve como homenageada a Profa. Dra. Maria Elias Soares, primeira coordenadora do Programa de Pós-graduação em Linguística da Universidade Federal do Ceará, também aconteceu o V Colóquio de professores de metodologia do ensino de língua portuguesa e literatura, em parceria com a Universidade de São Paulo.

 

Em 2010, de 24 a 26 de novembro, foi realizado o II FLAEL em que foi discutida A formação de professores e ética. Havia em sua programação conferências, palestras, mesas-redondas, comunicações orais e pôsteres. Nos intervalos, foram realizados lançamentos de livros e apresentações culturais. Nessa edição, foi homenageada a Profa. Dra. Maria do Socorro Aragão, membro do Programa de Pós-graduação em Linguística da Universidade Federal do Ceará, desde a sua fundação, em 1993.

 

Em 2014, revemos e recontamos a história desse evento e neste texto já apresentamos a correção feita. Portanto de 29 a 31 de outubro de 2014, estamos realizando o IV FLAEL. É também relevante informar que desde a segunda realização do Fórum, ele já se apresentou com perfil de evento internacional, de acordo com os critérios estabelecidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Nossas reflexões durante esse momento serão direcionadas ao tema Perspectivas da Linguística Aplicada no século XXI: dos diálogos possíveis aos novos desafios. Estamos homenageando a linguista aplicada Maria Izabel Magalhães, por seu papel desempenhado no PPGL, por suas contribuições dadas no Brasil e no exterior, no tocante a questões relacionadas a práticas de letramentos e identidade do professor, em particular, na perspectiva crítica.

 

Com este evento, queremos reunir professores formados e em formação, pesquisadores e demais interessados em questões relacionadas ao ensino e aprendizagem de línguas e à formação de professores; e intensificar uma política, já existente na Universidade Federal do Ceará, de aproximação dos estudantes de graduação a ambientes de pesquisa, a atividades de extensão. Além de pesquisadores, professores e estudantes de todas as regiões do Brasil, o IV FLAEL recebe pesquisadores da França, de Portugal, da Suíça e do Japão.

 

O evento é promovido pelo Departamento de Letras Vernáculas, através do Programa de Pós-Graduação em Linguística - PPGL - e realizado pelo Grupo de Estudos e Pesquisas em Linguística Aplicada (GEPLA). Desde a sua origem, contamos com o apoio da Secretaria de Educação do Estado do Ceará, da Secretaria do Município de Fortaleza, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, da Faculdade 7 de Setembro e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).